quarta-feira, 28 de março de 2012

ESTABILIZAÇÃO RÍTMICA -FNP


Caracterização: Contrações isométricas alternadas utilizadas contra uma resistência, sem internação de movimento. 

Objetivos

  • Aumentar as amplitudes ativa e passiva do movimento.
  • Aumentar a força muscular.
  • Aumentar a estabilidade e o equilíbrio.
  • Diminuir a dor.
Indicações

  • Eliminar a dor;
  • Obter coordenação neuromuscular;
  • Obter força, resistência, relaxamento muscular;
  • Aumentar a estabilidade e o equilíbrio;
  • Aumentar a amplitude ativa e passiva.
Contra-Indicações

  • Na incapacidade de executar contrações isométricas;
  • Espasticidade severa;
  • Descompensações cardiovasculares
ASPECTOS TECNICOS

Nessa técnica, só utilizamos contração isométrica de padrões agonistas e antagonistas simultaneamente, resultando no fenômeno fisiológico de co-contração..
Estabilizamos especialmente as articulações proximais dos membros, cabeça, pescoço e tronco,  sendo desta forma importante para trabalhar músculos estabizadores, fixadores e a postura.  Iniciamos colocando passivamente o segmento no ponto do percurso que queremos trabalhar, procurando obter uma co-contração através de uma resistência bem dosada; quando percebemos que o segmento está estabilizado, mudamos os contatos manuais.
A pessoa é instruída a manter o segmento completamente imóvel; ela o fará realizando contrações isométricas simultâneas de todos os grupos musculares de uma determinada articulação ou de uma determinada diagonal de movimento.


OBSERVAÇÕES

  • A técnica deve começar pelo grupo muscular mais forte para facilitar os músculos fracos (indução sucessiva).
  • A atividade de estabilização pode ser seguida por uma técnica de fortalecimento para os músculos mais fracos.
  • Nenhum movimento é intencionado. Nem pelo paciente nem pelo terapeuta
  • Para manter uma estimulação proprioceptiva, o terapeuta deve fazer uma tração ou aproximação articular constante, que agem para manter o SNC em excitação, aumentando a co-contração muscular, produzindo estabilidade dinâmica, evitando assim o relaxamento.
  • A Estabilização rítmica pode ser aplicada em qualquer ponto da amplitude, sendo importante à graduação da resistência, com especial atenção para os componentes rotatórios.

Fonte: Curso de FNP - Ministrante Fisioterapéuta Socorro Brito: Fortaleza-CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário