quinta-feira, 12 de abril de 2012

CRIOTERAPIA I Métodos Diretos


Ao aplicarmos gelo ou um elemento à baixa temperatura sobre o corpo, iremos primeiro obter uma resposta de vasoconstrição reflexa dos vasos sanguineos superficiais na área aplicada, em seguida iremos verificar um efeito vasodilatador e hiperemia, quando a pele atinge uma temperatura de 15° C. Quando formos aplicar gelo temos que levar esse efeito em conta. Uma das formas de se evitar esse efeito, é aplicarmos o gelo em intervalos curtos de tempo. Dependendo do método aplicado, esse efeito pode aparece mais ou menos rapido. Para o gelo moído, que é a aplicação comum em desportos, considera-se que aparece em aproximadamente 20 minutos, por isso é recomendado retirar o gelo antes dos 20 minutos e recoloca-lo após alguns minutos para manter o efeito vasoconstritor.

O  frio irá provocar um declínio significativo no metabolismo dos tecidos da área tratada, por isso sua indicação nafase aguda do trauma para reduzir a inflamação .

A principal indicação da aplicação de gelo ou crioterapia é diminuir a dor devido a seu efeirto anestesico na área. Acredita-se que esse efeito seja provocado a uma temperatura, no local aproximadamente de 7°C, o que irá bloquear a sensação de dor nas terminações nervosas livres, sendo que uma temperatura em torno de 12° C irá provocar analgesia superficial.

A aplicação de gelo logo apos o trauma é de suma importância para o tratamento e recuperação do mesmo. Essa aplicação deve ser realizada até em torno das 48h após o mesmo, em torno de 10 aplicações diárias com menos de 20 minutos cada, alternando com períodos de descanço com o membro afetado elevado. 

Outra indicação da terapia com o gelo é o relaxamento muscular, pois a aplicação no músculo irá inicialmente aumentar o tonus muscular, esse aumento irá regredir à menida que a temperatura vai se aproximando dos 31° C, onde a partir daqui se observa um efeito contrário, diminuindo o tonus muscular e produzindo o relaxamento.

Métodos de aplicação

Antes só se dispunha do gelo para o tratamento com a crioterapia , hoje se dispões de vários métodos, em que se conseguem alcançar os efeitos  mais rapidamente.

Métodos diretos

Gelo 

É o mais comum e barato, seu principal problema é na sua irregularidade, o que dificulta sua aplicação, o ideal é o uso de gelo picado e que este se adapte bem à zona aplicada que pode ser uma superfície irregular. Não devemos aplica-lo diretamente À pele se formos aplica-lo de forma estática, neste caso devemos sempre colocar uma toalha entre o gelo e a pele para evitarmos queimaduras. Também podemos aplica-lo atraves de bolsas de gelo.
Uma forma interessante de aplicarmos o gelo seria de forma dinâmica, friccionando o gelo ou bolsa de gelo na região a ser aplicada.

Alguns autores indicam a aplicação de gelo com massagem transversa profunda de cyriax, o que não é muito interessante devido cyriax valoriza muito a informação da dor referida pelo paciente, o que ficaria afetada com o gelo.

Bolsa de gelo

Conservadas no freezer a uma temperatura de aproximadamente -20C deve ser aplicado logo após sua retirada do freezer. Tem a vantagem de se adaptar ao local a ser aplicado devido o gel ser maleável. Aqui também devemos tomar cuidado para não provocar queimaduras, existem diversas formas de bolsas de gel que se adaptam a área a ser aplicado. Sua principal vantagem sobre o uso do gelo é a praticidade e facilidade de aplicação, suas desvantagens é que aumenta sua temperatura rapidamente e seu gel costuma ser corrosivo, o que , em caso de rompimento da bolsa e extravasamento do gel , pode provocar queimaduras na pele.
    
Saco de Gelo Instantaneo

Mais utilizado no meio esportivo, é composto de nitrato de amoniaco rodeada de água, ao romperse a bolsa a agua se mistura com o nitrato produzindo frio instantaneamente.

Utilização

  1. Romper a bolsa interna do saco de gelo
  2. Agitar a bolsa por 20 segundos para mistrurar as substancias
  3. Colocar no local do trauma com um pano entre a bolsa e a pele
  4. Descartar o saco após o uso

Desvantagens: produto perigoso, não pode entrar em contato com os olhos nem ingerido, não deve ser reutilizado.

Bandagem fria

É uma técnica que consiste em mergulhar faixas compressivas à substancias específicas que penetrarão na pele com o objetivo de promover sua ativação. Técnica muito utilizado na estética.

Imersão

A melhor forma de aplicação da crioterapia devido o liquido se adaptar a qualquer tipo de região, pode ser aplicada de forma local ou geral, sendo que esta deve ser aplicada com cautela em diversas condições. É realizada com temperaturas de 5 a 12° C é muito utilizada nas extremidades dos membros superiores e inferiores.

Referencia:
CALVO Seco J. Fisioterapia Desportiva, Técnicas Físicas, 1/ ed, editorial Gymnos, Madrid, 2003

Nenhum comentário:

Postar um comentário