sexta-feira, 11 de maio de 2012

Leis de Freyette

Elas são determinadas pelos movimentos fisiológicos, e guiados pelos elementos que ligam as vertebras.
( Disco,Cápsula ,Ligamentos ,Tendões ,Presença das costelas , Músculos monoaniculares)





Primeira Lei

1)    A partir de uma posição neutra

  • É a posição de referencia e de descanso
  • O apoio intervertebral é essencialmente feito sobre o disco
  •  As superfícies articulares posteriores estão livres das tensões.

Durante a lateroflexão a rotação dos corpos vertebrais torácicos se faz automaticamente para o lado oposto. A coluna encontra-se cm situação fisiológica, esse movimento será definido como sendo N.S.R. Esse movimento de primeira lei assegura a instalação das curvas adaptativas.

2)    A partir de uma posição de flexão

A presença dos arcos costais não permite que as facetas articulares posteriores guiem muito
os movimentos, apesar de existir um movimento de deslizamento em divergência.
O apoio continua essencialmente sobre o disco.
Nesse caso é a primeira lei do movimento que é válida, e a inclinação provoca automaticamente a rotação dos corpos vertebrais para o lado oposto (convexidade).
Esse movimento será definido como F.S.R.. e vai assegurar as capacidades de adaptação da coluna.

Seguida Lei:

Patolugicamente, quando a proprioceptividade eslá perturbada devido a um movimento
brusco, forçado, haverá um ponto de apoio nas facetas articulares posteriores e inferiores.

Então o corpo da vértebra vai girar para a concavidade
Isto representa entorse vertebral monosegmentar de acordo com a segunda Lei de Freyette: Rotação do mesmo lado que a inclinação lateral.

A partir de uma posição de extensão

A extensão da coluna torácica produz movimentos de inclinação lateral e de rotação homóloga.
A inclinação lateral será possível unicamente com uma rotação do mesmo lado, movimento ligado com a segunda lei de Freyette. definido como FRS c ERS, vai ocasionar a lesão primária, monosegmentar traumática.

A ERS

- Esse movimento vai assegurar os fenômenos adaptativos quando a restrição de mobilidade for plurisegmentar.
- Ele vai também ocasiona a lesão primária traumática monosegmentar.

Conclusão:

Posição neutra :

N.S.R. plurisegmentar, assegura a instalação das curvas adaptativas, lateroflexão oposta a rotação

Flexão:

F.S.R. plurisegmentar, adaptação, lateroflexão oposta a rotação
F.R.S monosegmentar, lesão traumática, primária, lateroflexão mesmo sentido que a rotação

Extensão:

E.S.R plurisegmentar, adaptativa. lateroflexão oposta a rotação
E.R.S monosegmentar, lesão traumática, primária, lateroflexão no mesmo sentido que a rotação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário